DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO - DETRAN-CE

[ 25/10/2014 22:01:39 ]

Detran leiloa 535 veículos
06/09/2007 11:44:25
EM CINCO HORAS

Imprimir Enviar Aumentar Diminuir O Detran-CE arrecadou cerca de R$ 850 mil no leilão de veículos, motos e sucatas recolhidos ao depósito

No último sábado, a Departamento Estadual de Trânsito (Detran- CE) realizou o primeiro leilão de veículos deste ano, na empresa Montenegro Leilões. No total, 535 motos, sucatas e carros foram vendidos, gerando cerca de R$ 850 mil. De acordo com Francimar Mendes, presidente da Comissão de Leilão do Detran-CE, o evento foi considerado um sucesso. Afinal, todos os veículos, divididos em 268 lotes, foram comprados do período entre 10 e 15 horas do dia. Os preços variaram de R$ 600,00 a R$ 30.800.

O objetivo do órgão, como explicou, foi reduzir o número de veículos no pátio do Detran. No caso, eles foram apreendidos há pelo menos 90 dias. Tempo que o Detran tem de mantê-los. "O fim maior é desafogar o depósito. Até porque, quando saem alguns, com 15 ou 20 dias já está superlotado de novo", comenta.

Segundo Mendes, em geral, os veículos foram apreendidos por falta de licenciamento e habilitação. Por isso mesmo, para serem leiloados, os automóveis são separados em dois tipos: sucata e com documentos. No primeiro, estão os que não podem voltar a circular.

Para garantir que isso não aconteça com as motonetas, por exemplo, o Detran acompanha os compradores até às siderúrgicas. Lá, elas serão transformadas em sucata ferrosa mista para fins siderúrgicos.

Por outro lado, na categoria dos carros com documentos, os compradores dispõe de 90 dias para regularizá-los. Depois disso, precisam levá-los ao Detran para sofrerem vistorias de equipamentos, chassis e motores. É quando são autorizados a circular novamente. Na opinião do comerciante Eduardo Girão, 32 anos, que participa de praticamente de todos os eventos, esses leilões são uma forma de viabilizar a compra dos que não possuem condições. Ele arrematou quatro carros e irá recuperá-los e vendê-los.

Com a quantia obtida na venda, o Detran-CE cobre as despesas como multas e taxas atrasadas. Caso haja saldo, o valor será repassado para o antigo proprietário.

Fonte: Diario do Nordeste / Cidade